Slide toggle

Welcome to Zass

Zass is a powerfull WordPress / Woocommerce theme with a modern, pixel perfect design suitable for handmade artisans, craft businesses and portfolio websites.

This is a custom, collapsible widget area. Use it like any other sidebar and easily place any number of widgets here.

Have a Question?

Monday - Friday: 09:00 - 18:30 409 Mladost District, Sofia Bulgaria +359 2 123 456 +359 2 654 321 [email protected]

Categoria: Manchas

Primeira de 2014 – Somos o que fizemos de nós.

Primeira postagem, primeira pintura do ano, iniciada no fim de dezembro e terminada agora no inicio de janeiro.
Continuando minha pesquisa, tentando sugar o máximo da técnica, dos símbolos e imagens que vão se acumulando em meu repertório.

Eternal Sunshine Of The Spotless mind – TNTema


O TNTema esta com a proposta este mês sobre o seu filme favorito.
Um dos meus filmes favoritos sem duvida é “Brilho Eterno…”
Fiz esta brincadeirinha com lápis de cor e lápis grafite, só pra tirar a poeira deles hehe.

até breve com mais novidades por aqui!

Sereia – Desenho 69/Devaneio 24

Técnica: Lápis de cor, grafite, acrílica + Photoshop

Este foi feito para o Tntema, sereias.

Sereia

 

Nunca estive em solo no mundo

Tenho inúmeras vidas a minha volta

Nunca nadei sozinha, mas sigo solitária.

 

Nunca me viram como eu sou de fato

Não fora do meu mundo.

Mas se um dia eu sair,

tenho medo do que farão de mim

 

Não sou como imaginam

Não tenho o que desejam

Não sou estranha ou comum.

 

Um dia eu me aventurei

Por terras que não conhecia

Receberam-me com alegria ou era apenas ironia?

 

Cai em mãos, rastejei em desejos

Caminhei? Dei passos ilusórios

Fui presa em armadilhas.

 

Meu ultimo pensamento foi dor

Minha ultima alegria o desconhecido

Minha ultima saudade: meu mar de fantasia.

 

Desenho 67 – Devaneio 22 – Nus

Técnica: nanquim, papel jornal, acrilica e photoshop

+ modelo vivo.

 

técnica: Lapis de cor, guache, acrilica, nanquim e um pouco de photoshop

Estas ilustrações foram feitas para o Blog TNTema o nu artistico, vale apena ir lá e ver os trocadilhos e as belas artes.

Nu

 

Em meio ao vento frio,

O sopro percorre meu corpo

Não sinto um simples calafrio

Estou planando no topo.

 

O topo da vaidade

Na frágil cadencia da verdade

Desprovido de mascaras e de receios

Caindo em profundos devaneios

 

Sem força e sem coragem

Sem coletes sem vantagem

Só seu e o meu partidos

Só o Não e o Ser, perdidos.

 

Não tente me julgar

Não posso suportar

Sem santidade e sem perfeição

Sem castidade e sem paixão.

 

Estou caindo em um precipício

Estou voltando para o principio

Estou pedindo a sua ajuda,

Em dois segundos a despedida.

 

 

Capas Fabulário – Devaneio 19

Técnica: colagem, fotomontagem – photoshop

Capas do Fabulário “Special Edition # 1”

 

 

Olá a todos, para quem não sabe, faço parte de um grupo de discussão de ficção fantástica nas artes (o Fabulário) onde produzimos uma revista independente. Estas foram as capas da nossa primeira edição totalmente em inglês, estamos a caminho da segunda edição em português com contos, artigos, resenhas, quadrinhos, ilustrações e etc.

 

Para ficar sempre por dentro das novidades do Fabulário visite nosso blog que tem sempre alguma postagem interessante sobre assuntos relacionados ao universo fantástico.

 

E em seguida mais um devaneio

.

São folhas o vento e cais.

 

São folhas, são ventos, são águas.

 

São mastros, o frio, e o cálido.

 

São pétalas, escárnios e fantasias.

 

São lagrimas que os olhos assediam.

 

São belos sonhos in-reais,

 

São belos… distantes temporais.

 

São carne e sangue divididos.

 

São os que não pode ser unidos.

 

São bocas, beijos e abraços,

 

São desejos que não serão realizados

 

São rosas que morrem no armário

 

São poemas e amores rejeitados.

 

São folhas que ao vendo são levadas

 

Pra as margens das águas salgadas

 

E nos mastros de um frio navio,

 

Se leva um cálido coração partido.

 

São pétalas, são lagrimas…

 

São todas as coisas que foram deixadas.

 

Fantasias de dias inesquecíveis

 

São belos sonhos… sonhos que não podem ser vividos.

 

São rosas, beijos e temporais,

 

São tudo que amei e me distanciam do cais

 

São tudo que não tenho,

 

E tudo que eu finjo não querer mais.

 

O que é o tempo? Devaneio – 18 – Desenho 63 – Quente, porém frio


Este foi para o ETC & Traço, blog tematicos ao qual participo
o tema era estações do ano. esse ai é meu verão.

O que é o tempo?

O que é o tempo, vil mortal?
O tempo é uma medida imaginaria
O tempo enquanto número não é nada
É apenas uma fraca marca
Que se torna importante pelo que fizemos dela
E nada mais

O que é o tempo, tolo mortal?
O tempo é aquele que vai te mostrar seus erros
O tempo é aquele que vai cravar seus arrependimentos
Será ele que te dirá que você errou
E que o deixou passar.

Oh! Pobre mortal, não seja refém do tempo
Não tenha dó de desperdiçá-lo
Não tenha medo de perdê-lo
Não o encare como o que você é
Não foi ele que te fez, e sim você
E aqueles que o amam a sua volta

O que é o tempo, seu idiota?
Acha que ele se preocupa com você…
Acha que o tendo nas mãos vai ser mais seguro?
Não importa se são um, dois, três ou a eternidade…
Quantos anos for, acha que estará seguro!?
Nunca, o tempo não trás segurança
E sim acomodação

Fique parado!
Tenha medo!
Não, não siga em frente
Deixe o tempo passar.
Perca!!
Tenha medo de tentar!
E você vera…
Ahhh sim… Um dia verá
O tempo bater a sua porta
Trazendo em forma de insatisfação
Tudo aquilo que você teve medo de conquistar.

Coletânia TNTema – Devaneio Já que tão Distante


Coletânea TNtema, esses foram alguns dos desenhos que fiz para o blog que gosto muito, não tinha postado eles por aqui ainda então ai vai!

é engraçado ver a diferença dos primeiros, agora contudo, estou tentando desenvolver esse estilo mais “sujo”. e também vou buscar algo mais realista com mais camadas e mais “dimensões” nos próximos.
(ainda devendo a Fada 2)

Super kids- fantastic Four, Páscoa: littler rabbit, Monstros: Monster, Fantasy: lazy Gnome (Duende folgado)

http://tntema.blogspot.com

Devaneio

Já que tão distante.

Jaz em versos de despedida
Aurora de beleza nunca antes vista
Quase mágica no meigo inclinar em seu ombro
Um sorriso que facilmente te conquista

Em momentos importunos me visita
Leva-me por instantes a sua presença,
Inquieto-me, pois sei que longe vagueia,
Numa inalcançável dimensão,
Enraizada, ecoa como uma bela canção.

Tão diferente e singular
Apaixonante em um doce olhar
Onde se esconde carinhosa e egoísta.

Deixem que caminhe livre e bela,
Inspiração de força que é somente dela.
Sei que um dia… quando se encontrar, nela ira se rebelar.
Tão belo sonho se entrega ao demérito.
Antes, fecha os olhos ao que lhe entrego.

Na calma noite sonhas… e sei que terás,
Tudo que merece e o mínimo que desejas
Então agradeço tudo que a mim entregas.

Ultimos desenhos


O Ultimo Olhar

Estes dois são estudos para xilo que acabei viajando e me deixando levar…. apenas pela construção não ligando de como passar isso pra madeira depois… e bom não vou mais passar para madeira… hahaha… mas gostei de desenhar no preto! 😛 …

e ah… o primeiro é o finalizado O ultimo olhar. o meu projeto me inspirou mais temas… em breve quem sabe postareia mais alguma coisa aqui…
abraços.

Série, e novos desenhos


Sabado

Quarta

Esses são trabalhos da mesma série Ansiedade e Angustia que ja postei aqui…
apenas para atualizar e deixar mais essa marca …
os proximo desenhos naseram da pesquisa para xilogravura… mas criaram asas… aguardem… até a proxima.

Desenhos 27 e 28

esse é uma prévia do ultimo trabalho… ai ele tava secando ainda… no chão do meu “atelier” (hahah quarto ) e então tirei uma foto apenas para postar aqui…
na proxima coloco ele finalizado e com mais dois trabalhos…
o uso de imagens repetidas é proposital… é a lembrança, a sobra…
O resultado final desse ultimo trabalho não me agradou muito… agente sempre espera mais de um ultimo trabalho para uma série… esse não deu… hehe

 

Este é o penultimo trabalho… todos relacionam o mesmo assunto e as mesma técnica e linguagem que comecei a desenvolver no semestre passado no curso de desenho.

 

aquilo que deve ser dito… as sobras… fragmentos… lembranças, memoria e etc…
abraços e até a proxima…
(estou sem tempo para devaneios… )
show