Slide toggle

Bem vindos ao meu site

Obrigado pela visita ao meu portal! Aqui você encontra informações sobre minha produção em arte, literatura, ilustração e Design. E também pode adquirir meus produtos oficiais, ou fazer download de conteúdo gratuito.

Thanks for visiting my portal! Here you can find information about my production in art, literature, illustration and design. And you can also get my official products, or download free content.

Contatos

Seg. - Sex. 12:00 às 21:00 São Paulo - SP [email protected] [email protected]

Mês: março 2017

diogo-nogue-exposicao-acervo-livre

Acervo Livre e Diogo Nogue – Toda felicidade tem fim, ao fim do carnaval

trecho do conto "seu livro na minha mochila"

Trecho do conto da cuidadora Ana de Oliveira

Nova Parceria

Olá amigos, março chega com uma novidade muito legal para os leitores do blog Desenhos e Devaneios e Zona Mental, pois  Acervo Livre chegou junto com uma parceria de conteúdo.

Fui convidado pela galera do #acervolivre à participar do site e contribuir com textos, ilustrações e poemas.

O Acervo é um site colaborativo em que os cuidadores contribuem com seu material artístico/literário buscando fomentar a palavra e compartilhar visões de mundo.

Leiam um fragmento do #manifestolivre:

“o escritor vive na palavra
que é a negação da morte
“leiam-nos,
não nos deixem morrer!”
nesse micro ponto do espaço virtual
um pouco de nossas entranhas
fibras, ideias, dia a dia, sonhos, dramas
sob doses absurdas de poesia
sob doses absurdas de liberdade”

Sempre na primeira Quarta de cada mês farei uma contribuição para o #acervolivre! Espero que gostem e compartilhem.

Sigam tb no Instagram @acervolivre

Fiquem com um trecho da minha primeira participação e confiram a integra no site:

 

“Toda alegria tem fim, ao fim do carnaval.

 

Sim, chega a hora que as mascaras caem.

Que as rosas secam

Que o confete não vai estar mais lá.

 

Chega a hora em que temos que dizer adeus

O momento de pedir aos céus…

Um pouco mais de tempo.

Um pouco mais de contentamento

 

Sim, vai chegar a hora que não vou estar com você

Vai chegar a hora que irá me perder.

Não que seja desejo meu,

Não que você desconheça o que perdeu.

Sei que todos nós faremos escolhas

Sei que todos regam suas próprias folhas.”

 

 

show